São Paulo atropela Racing na Argentina e avança às quartas da Libertadores

Reuters/Marcelo Endelli

Tricolor domina rival o tempo todo, conta com brilho de Rigoni e do garoto Marquinhos e vence com facilidade; próxima fase pode ter clássico contra o Palmeiras

Tricolor nas quartas!

O São Paulo avançou com propriedade às quartas de final da Copa Libertadores. Naquela que foi, seguramente, sua melhor apresentação desde o título paulista, o Tricolor venceu o Racing por 3 a 1 na noite desta terça-feira, em Avellaneda, praticamente não correu riscos e se classificou com facilidade após o 1 a 1 do jogo de ida, no Morumbi. Rigoni, com dois gols, e o garoto Marquinhos, com um, foram os autores dos gols tricolores – Correa diminuiu para o Racing. O time de Hernán Crespo dá uma resposta em momento decisivo, às vésperas de novas decisões: a próxima delas pode ser contra o Palmeiras, que será rival na Libertadores se confirmar a classificação contra a Universidad Católica.

Como fica?

O São Paulo espera agora o vencedor do duelo entre Palmeiras e Universidad Católica para saber quem enfrenta nas quartas de final – o Verdão ganhou o jogo de ida por 1 a 0, no Chile, e decide a vaga em casa nesta quarta-feira, a partir das 19h15 (de Brasília).

Miranda comemora gol do São Paulo contra o Racing (Foto: Staff Images / CONMEBOL)

Que estreia!

Aos 28 anos, Emiliano Rigoni jamais havia jogado uma partida de Libertadores em sua carreira. Depois de jogos pela Sul-Americana pelo Independiente entre 2016 e 2017, o meia-atacante foi para a Europa e voltou em 2021. Inscrito nas oitavas, perdeu o jogo de ida por lesão e foi fundamental em Avellaneda, com dois gols, ótimas jogadas e o título de melhor jogador em campo pela Conmebol.

Rigoni em Racing x São Paulo (Foto: REUTERS/Marcelo Endelli)

E que estrela!

O atacante Marquinhos, de 18 anos, foi a aposta de Hernán Crespo e titular pela primeira vez nos profissionais do Tricolor, logo em um jogo tão decisivo. E o garoto não decepcionou: fez um gol, participou dos outros dois, marcados por Rigoni, e ainda criou as jogadas ofensivas mais perigosas. Arma que a equipe ganha num momento crucial de 2021.

Marquinhos e Gabriel Sara em Racing x São Paulo (Foto: Staff Images / CONMEBOL)

Primeiro tempo

O gol de Rigoni que deu a vantagem parcial ao São Paulo, aos 43 do primeiro tempo, saiu até tarde diante do domínio que o Tricolor conseguiu exercer diante do Racing em Avellaneda. Com o próprio Rigoni e o garoto Marquinhos, surpresa na escalação, no comando do ataque, o time de Hernán Crespo conseguiu acelerar o ritmo e quebrar por várias vezes a linha de cinco defensores montada pelo rival argentino. No primeiro bom arranque de Marquinhos, faltou observar Rigoni livre para servir o companheiro. Depois, em cobrança de escanteio, o garoto cabeceou e viu a bola beliscar a trave. O Racing só teve uma chance mais clara, em bola parada, quando Copetti desviou, mas ninguém conseguiu completar na pequena área. O gol saiu após roubada de bola perfeita de Miranda e lançamento longo para Marquinhos, que ganhou do marcador na corrida e chutou para grande defesa de Arias. No rebote da trave, Rigoni conferiu: 1 a 0.

Rigoni disputa em Racing x São Paulo (Foto: Staff Images / CONMEBOL)

Segundo tempo

Se o 1 a 0 no primeiro tempo tirava a vantagem do empate do Racing, o São Paulo tranquilizou a torcida já no começo do segundo. Marquinhos recebeu de Benítez com dois minutos e ampliou para 2 a 0, o que obrigava o time da casa a virar o jogo. Com o 3 a 0 que Rigoni colocou no placar nove minutos depois, a classificação foi selada. O Racing ainda conseguiu diminuir com Javier Correa, e mesmo com um ou outro susto, não houve qualquer ameaça de eliminação ao São Paulo.

Crespo e Rigoni comemoram gol do São Paulo (Foto: Reuters)

Racing x São Paulo (Foto: Staff Images / CONMEBOL)

Próximos jogos

O São Paulo agora se concentra no Campeonato Brasileiro e tem jogo duro no próximo domingo: enfrenta o Flamengo, no Maracanã, às 16h (de Brasília), em jogo válido pela 13ª rodada da competição.

Fonte: Lance a lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *