Flamengo mostra força, supera desfalques e bate Palmeiras de virada em São Paulo

Rony tenta a jogada em Palmeiras x Flamengo (Foto: Marcos Ribolli)

Michael (duas vezes) e Pedro garantem vitória ao Rubro-Negro; Wesley faz para o Verdão

Resumão

Foi uma vitória de quem avisa que está com tudo na briga pelo título. Mesmo desfalcado de alguns de seus principais jogadores (Bruno Henrique e Gabigol entre eles), o Flamengo mostrou força e bateu o Palmeiras de virada, por 3 a 1, na tarde deste domingo, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 20ª rodada do Brasileirão. Michael (duas vezes) e Pedro fizeram os gols rubro-negros depois de Wesley abrir o placar para o time da casa. Zé Rafael, do Palmeiras, foi expulso no fim do jogo.

Na tabela

Com a vitória, o Flamengo pulou para a terceiro colocação, com 34 pontos, apenas um atrás do Palmeiras, que se mantém em segundo. O porém é que o time carioca tem dois jogos a mais para realizar. A liderança é do Atlético-MG, com 42.

Próximos jogos

O Flamengo volta a campo nesta quarta-feira, mas pela Copa do Brasil. Às 21h30, recebe o Grêmio no Maracanã depois de praticamente garantir vaga nas semifinais com goleada de 4 a 0 no jogo de ida, em Porto Alegre. Pelo Brasileirão, o próximo compromisso rubro-negro é domingo, às 20h30, novamente contra o Grêmio no Maracanã. Um dia antes, no sábado, o Palmeiras visita a Chapecoense às 17h.

O cara do jogo

Sem Bruno Henrique e Gabigol, o Flamengo teve Michael como grande destaque. De certa forma, o atacante entrou no espírito dos dois colegas. Primeiro mostrou presença de área para, de cabeça, fazer o primeiro gol do Flamengo. Depois, demonstrou a tradicional movimentação para receber de Vitinho, superar a marcação e fazer o terceiro gol.

Michael comemora o terceiro gol do Flamengo (Foto: Marcos Ribolli)

Presença ilustre

Novo reforço do Flamengo, o zagueiro David Luiz assistiu à partida em um camarote do Allianz Parque. O zagueiro foi ao vestiário no estádio e teve o primeiro contato com os colegas. Ele será apresentado no começo da semana e começará a treinar no Rubro-Negro.

David Luiz abraça Renato Gaúcho no vestiário do Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Problemas e mais problemas

Não bastasse a ausência de jogadores do peso de Diego, Filipe Luís, Bruno Henrique e Gabigol, o Flamengo perdeu Arrascaeta ainda no primeiro tempo. O uruguaio sentiu uma lesão muscular na coxa e teve que deixar o campo com apenas 22 minutos de jogo. Foi substituído por Vitinho. No segundo tempo, Pedro também deu sinais de sentir dores musculares.

Pedro, do Flamengo, comemora o gol contra o Palmeiras (Foto: Marco Ribolli)

Primeiro tempo

O Flamengo começou o jogo melhor. Mesmo sem suas principais peças ofensivas, trabalhou bem as jogadas e foi mais dominante no campo de ataque. Mas a primeira boa chance foi consequência de um erro do Palmeiras. Danilo tentou recuar de cabeça para Weverton, Pedro anteviu o movimento e tomou a bola. Quase marcou. O Palmeiras reagiu na sequência, em chute cruzado de Wesley, para fora. Era um ensaio para o gol. Aos 14, Weverton saiu jogando com Dudu, que acionou Wesley. O atacante se livrou com enorme facilidade de Isla e bateu colocado, no cantinho, para fazer 1 a 0 em bonito gol. Só que a festa palmeirense durou muito pouco. No lance seguinte, Everton Ribeiro recebeu de Pedro na direita e cruzou para o baixinho Michael, livre, empatar – em lance de falha coletiva do Verdão. A empolgação rubro-negra foi freada logo depois, quando Arrascaeta sentiu lesão muscular e precisou ser substituído por Vitinho. O time ficou mais travado. O Palmeiras aproveitou e cresceu em campo, mas sem criar grandes chances. Zé Rafael, aos 29, tentou chute de fora da área, mas mandou por cima. Vitinho respondeu aos 41: bateu colocado, e a bola chegou a tocar na trave.

Dudu tenta a jogada em Palmeiras x Flamengo (Foto: Marcos Ribolli)

Segundo tempo

O Palmeiras voltou para o segundo tempo com Gustavo Scarpa no lugar de Raphael Veiga. E foi dominante nos primeiros minutos. Conseguiu manter o jogo no campo de defesa do Flamengo e foi acumulando tentativas: em batida de Piquerez, em cobrança de falta de Scarpa, em chute colocado de Danilo. Mas nenhuma delas teve sucesso. E aí quem marcou foi o Flamengo. Aos 11, Vitinho cobrou escanteio para Pedro vencer Luan e Gustavo Gómez no alto e mandar um cabeceio impecável, fora do alcance de Weverton: 2 a 1. De imediato, Abel Ferreira chamou três jogadores do banco: entraram Patrick de Paula, Luiz Adriano e Breno Lopes, saíram Danilo, Rony e Wesley. Mas não houve grande efeito, e aí o treinador radicalizou: tirou um lateral-esquerdo (Piquerez) e colocou mais um atacante (Willian). O Palmeiras se jogou para a frente e deixou espaços para o Flamengo. Foi um prato cheio para Michael. Aos 35, o atacante recebeu de Vitinho, deixou Marcos Rocha para trás e encheu o pé: 3 a 1. O Palmeiras tentou pressionar, lançando bolas para a área, mas não teve jeito. Zé Rafael ainda foi expulso por entrada dura em Willian Arão.

Pedro comemora gol do Flamengo diante do Palmeiras (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

Fonte: Lance a lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *