Óbitos por Covid-19 crescem em Teresina e Firmino cogita “congelar” reabertura

Em entrevista virtual concedida nesta quarta-feira (22/07), o prefeito Firmino Filho demonstrou preocupação com o elevado número de óbitos de pessoas com Covid-19 em Teresina. A tendência de queda nas mortes provocadas pela doença foi interrompida, e na última semana a Fundação Municipal de Saúde registrou aumento de 11% em relação ao período anterior.

Aos jornalistas, Firmino admitiu a possibilidade de congelar o processo de retomada das atividades caso os índices elevados se mantenham nos próximos dias. Desde o domingo (19), já são 24 óbitos acumulados.

— Isso nos faz levantar um sinal de alerta em relação a esse processo. O caso é mais grave aqui pois houve crescimento [nas mortes]. Nós vamos ter muita atenção para o que acontece nesta semana, o que pode condicionar nosso processo de abertura econômica. Nós eventualmente podemos congelar esse processo caso continue essa tendência — disse.

Gráfico mostra crescimento de 11% nas mortes de pessoas com Covid-19 em Teresina
Gráfico mostra crescimento de 11% nas mortes de pessoas com Covid-19 em Teresina
Firmino enfatizou que a possibilidade de rever a retomada está prevista no pacto feito com a cidade, para garantir que as ações aconteçam de forma segura, sem oferecer riscos à população.

— Desde o começo dissemos que vamos retomar a economia gradualmente, vamos fazer o processo de endurecimento do isolamento nos fins de semana e vamos ter muita atenção, já que a retomada tem que ser compatível com a queda da doença. E aqui temos um grande sinal de alerta para o nosso processo — avaliou o prefeito.

Segundo ele, já nesta quinta-feira (23) a prefeitura pode anunciar uma decisão sobre a próxima fase da reabertura, que está marcada para a segunda-feira (27).

— Estamos em um momento de transição. Agora, não podemos achar que a doença está dominada, porque não está. Estamos em uma situação melhor que a do mês passado, mas ainda com um patamar de casos bastante elevado, com muitas pessoas infectadas, muitas pessoas doentes e muitas pessoas morrendo. Precisamos refletir sobre a velocidade desta reabertura — ressaltou.

Firmino chamou ainda atenção para a colaboração da população e o cumprimento dos protocolos estipuladas pelo município nesta retomada, pedindo disciplina e respeito às regras.

Fonte: 180 Graus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *