Hospital abre protocolo de morte encefálica de bebê ferida em acidente envolvendo advogado em Teresina

Hospital de Urgência de Teresina — Foto: Catarina Costa/g1 PI

Segundo o hospital, a bebê tem risco iminente de morte e encontra-se em estado gravíssimo.

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) abriu nesta sexta-feira (3) o protocolo de morte encefálica da bebê de 8 meses, identificada como Laura Sofia Alves Silva. A criança ficou ferida após um grave acidente envolvendo o advogado Marcus Vinícius Nogueira, presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB-PI.

Um homem identificado como Raimundo Nonato da Silva Oliveira, 53 anos, morreu e duas mulheres ficaram feridas na colisão que ocorreu na noite dessa quinta-feira (2), no cruzamento das Avenidas Higino Cunha e Odilon Araújo, na Zona Sul de Teresina.

Segundo o hospital, a bebê tem risco iminente de morte e encontra-se em estado gravíssimo. A criança é neta de Raimundo Nonato da Silva Oliveira, de 53 anos, que morreu durante o acidente. O corpo de dele está sendo velado na casa de familiares. O sepultamento vai ocorrer na manhã deste sábado (4), no cemitério do bairro Renascença, Zona Sudeste de Teresina.

O acidente

Em um carro estava o advogado Marcus Nogueira e em outro estava o condutor Raimundo Nonato da Silva Oliveira, Aline Alves Oliveira, filha de Raimundo, a bebê Laura Sofia Alves Silva, filha de Aline e neta de Raimundo, e Alice Silva, filha de Raimundo.

Clique no link abaixo e veja o Vídeo mostra momento exato da colisão que deixou um morto

https://g1.globo.com/pi/piaui/video/video-mostra-momento-exato-da-colisao-que-deixou-um-morto-10095902.ghtml

Um vídeo de câmera de segurança (assista acima) mostra o momento da colisão. Nas imagens é possível ver o momento em que o veículo conduzido pelo avô da criança segue na Avenida Odilon Araújo e outro veículo, conduzido pelo advogado Marcus Nogueira, que seguia na Higino Cunha, colide com a lateral dele, do lado do motorista.

Raimundo morreu no local do acidente. As mulheres e a bebê foram levadas para o HUT. Alice Silva, tia da bebê, teve ferimentos leves e logo foi liberada. Já a mãe da criança, Aline, está passando por um procedimento cirúrgico.

Investigação

O delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Lucci Keiko, determinou que o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investigue o acidente envolvendo o advogado Marcus Vinícius Nogueira, presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB-PI. Um idoso e uma bebê de 8 meses morreram, e duas pessoas ficaram feridas.

Segundo coordenador do DHPP, Francisco Costa, o Barêtta, o advogado foi autuado por homicídio doloso na Central de Flagrantes. Marcus Vinícius passou por audiência de custódia na tarde desta sexta-feira (3) e foi posto em liberdade após pagar uma fiança de R$ 15 mil.

“Ele me ligou informando que estava designando o DHPP, ainda vou apreciar a matéria, o auto de prisão em flagrante para saber quem fará a investigação. O fato é que o delegado da Central autuou por homicídio doloso e tem um clamor muito grande da população”, afirmou Barêtta.

Confusão na Central de Flagrantes

Vídeo registra confusão na Central de Flagrantes entre delegado Danilo Barroso e advogados

Clique no link abaixo e veja o vídeo

https://g1.globo.com/pi/piaui/video/video-registra-confusao-na-central-de-flagrantes-entre-delegado-danilo-barroso-e-advogados-10096543.ghtml

Marcus Vinícius Nogueira foi preso em flagrante e levado para a Central de Flagrantes, onde aconteceu uma confusão que está sob investigação pela Delegacia Geral da Polícia Civil do Piauí.

Vídeos (veja acima) mostram o delegado Danilo Barroso, que estava de plantão, e alguns servidores batendo boca com os supostos advogados. Não se sabe o motivo da discussão.

Defesa nega embriaguez

Advogado Marcus Vinicius Nogueira disse que está abalado com o acidente — Foto: Reprodução

A defesa do advogado, que é presidente da Comissão de Prerrogativas dos Advogados da OAB/Piauí, divulgou nota em que diz que ele está abalado e que não apresentava sinais de embriaguez no momento da colisão.

O comunicado diz que o advogado está abalado e prestou socorro após o acidente. Diz ainda que ele passou por exame toxicológico “prévio” e que não apresentava sinais de embriaguez. A Polícia Civil ainda não divulgou informações sobre as investigações do caso.

“Sabe-se que o impacto do acidente e a abertura dos airbags em colisões também causam consequências como desorientação nas vítimas”, destacou a nota.

Veja nota na íntegra:

A defesa do advogado Marcus Nogueira informa que o advogado encontra-se profundamente abalado e lamenta o acidente que vitimou uma pessoa e deixou outras duas feridas na noite de quinta-feira, 02. Marcus Nogueira ficou no local após o acidente e aguardou o socorro às vítimas.

Exame toxicológico prévio mostra que o advogado não apresentava sinais de embriaguez e estava consciente. Sabe-se que o impacto do acidente e a abertura dos airbags em colisões também causam consequências como desorientação nas vítimas.

Marcus reforça ainda suas orações para as vítimas e apoiará a família no que for necessário.

Att,

Assessoria jurídica do advogado Marcus Nogueira.

Fonte: Por Laura Moura, g1 PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *