Governo do Piauí bloqueia salários de mais de 6 mil aposentados que não realizaram prova de vida

Prova de vida deve ser efetivada por meio do aplicativo ‘Meu RPPS’ — Foto: Igeprev/Governo do Tocantins

O sistema foi reaberto para que os beneficiários façam a prova de vida e desbloqueiem o benefício.

Após o encerramento do prazo estipulado pelo governo do estado para realização da Prova de Vida, mais de 6 mil beneficiários tiveram seus benefícios bloqueados e não receberão os valores a partir da próxima terça-feira (30).

De acordo com o presidente da Fundação Piauí Prev, Ricardo Pontes, o aplicativo está novamente no ar para que os beneficiários que estão bloqueados possam realizar a prova de vida e consigam desbloquear o benefício:

“Sim, nós reabrimos. O sistema está aberto, pelo aplicativo Meu RPPS, para que as pessoas que estão com o contra-cheque bloqueado e não vão receber o benefício agora no dia 30. E para poder reativar a conta, eles têm que fazer sua prova de vida, da mesma forma de antes, lá pelo aplicativo Meu RPPS” informou Ricardo.

Ainda segundo o presidente, a prova de vida segue exclusivamente pelo aplicativo Meu RPPS, que está disponível tanto para Android quanto iOs, e o desbloqueio das contas será feito à medida que o beneficiário realize a prova.

“À medida em que eles forem fazendo essa prova de vida nós vamos apurando e vamos coletando essas informações para reenviar ao banco para o crédito e solicitar o desbloqueio da conta”.

O órgão fará até o final do mês o cruzamento de dados junto ao Sistema Nacional de Óbitos para identificar que beneficiários já faleceram, para haver o bloqueio definitivo do crédito.

Fonte: Por Layza Mourão*, g1 PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *