Conheça o estilo tático de Paulo Sousa, novo treinador do Flamengo

Fran Santiago – UEFA/UEFA via Getty Images

O canal do portal Footure desvendou o estilo tático de Paulo Sousa, o mais novo treinador do Flamengo

O canal no Youtube do portal Footure desvendou em vídeo o estilo tático de Paulo Sousa, o mais novo treinador do Flamengo. O português foi anunciado nesta quarta-feira (29/12) e assume o cargo deixado por Renato Gaúcho ainda em 29 de novembro.

Segundo o Footure, Paulo usa bastante o modelo 3-4-2-1, com alas alinhados aos volantes que aparecem à frente dos zagueiros, dois meias mais adiante, formando um “quadrado” de meio-campistas e um atacante. Na Polônia, ele usava o 3-4-1-2, com dois atacantes, mas quando trabalhou no Bordeaux, optou também pelo 4-4-2.

A formação escolhida por ele varia muito, mas o estilo de jogo é basicamente o mesmo independente de como o time se posta em campo.

Estilo de jogo

Na saída de bola, mesmo sob pressão no campo de defesa, a equipe de Paulo sai jogando tocando a bola, com aproximação de jogadores, tentando encontrar o melhor espaço, usando passes curtos e aprofundados, com paciência, esperando o melhor momento de furar o bloquei da zaga adversária.

Ao atacar — sempre com muitas opções dentro da área —, os meias cumprem papel importante, recendo entre os volantes e os zagueiros do time adversário, e tendo a função de acelerar a jogada, geralmente com espaço para avançar em direção à área.

Muitas vezes, o volante também age desta forma. Ele aproveita os espaços abertos pelos meias, que se movimentam, puxando a marcação com eles, permitindo chegadas de perigo no ataque.

Quando perde a bola no campo ofensivo, a equipe logo pressiona para recuperar a posse ainda próximo ao gol adversário. Ao defender, marcação sempre é feita pressionando quem está com a bola.

Veja o vídeo que explica com exemplos o estilo de Paulo Sousa:

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Fonte: Amanda Gil/Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *