Confronto entre Greco e bandidos termina com mulher morta em Timon

Fotos: Alef Leão/GP1

O caso aconteceu na manhã desta sexta-feira (02), nas proximidades do Balneário Portal da Amazônia.

Uma troca de tiros envolvendo policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), da Polícia Civil do Piauí, e suspeitos fortemente armados deixou uma pessoa morta e outra baleada, no final da manhã desta sexta-feira (02), nas proximidades do Balneário Portal da Amazônia, na BR 316, em Timon. O suspeito baleado foi Leonardo Danilo dos Santos, mais conhecido como Léo Grandão, que era considerado foragido da Justiça do Estado do Maranhão. A Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF-PI) foi acionada para dar apoio.

O GP1 apurou que um Jeep Renegade cinza estava sendo acompanhado por uma equipe do Greco, que já estava fazendo um monitoramento de suspeitos de roubo a bancos. Em um determinado momento, a viatura tentou realizar uma abordagem, contudo os supeitos não respeitaram a ordem de parada e efetuaram disparos contra os policiais que tiveram que reagir. O motorista então perdeu o controle do carro e desceu uma ribanceira.

Das quatro pessoas que estavam no carro, uma mulher ainda não identificada morreu no local, Léo Grandão ficou ferido, outro homem fugiu e uma segunda mulher foi presa.

Dentro do veículo foram encontradas roupas, dentre elas dois fardamentos completos de policial militar do Maranhão, documentos falsos e armas longas. Todo o material apreendido foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Timon.

Fonte: Por Wanessa Gommes Brunno Suênio/GP1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *